9 de set de 2008

O Novo Nome do Rei

"Podemos pensar que sabemos quem os outros são, mas na verdade não estamos nem perto de saber quem somos."
Antigo provérbio de L'aos.


De volta outra vez.

A noite havia coberto os campos com seu manto enquanto o pequeno grupo de guerreiros seguia para casa depois da batalha. Montados no dorso de Asfer cada um pensava no que poderia acontecer agora que a batalha parecia finalmente ter chegado ao seu fim definitivo.
Ephi, que apesar de todo o cansaço do fardo enorme que havia tido que carregar, até aquele momento havia conseguido manter seu espírito tranquilo, naquele momento porém, enquanto cortavam os ares de volta pra suas casas, que haviam abandonado a tanto tempo, sentiu finalmente toda a dor das perdas que havia sofrido. A morte de seu melhor amigo, da mulher que amava e do homem que havia sido seu guia e mentor. Apenas Asfer permanecia com ele. Tinha, agora na volta, novos companheiros, mas sentado sobre o pescoço do dragão, sentindo o frio vento da noite da planície em seu rosto teve o coração tomado pela mais intensa dor. Dali em diante estaria para sempre sozinho. Havia finalmente entendido as palavras finais de Marc'nael e pode entender o que ele havia sofrido durante todos aqueles séculos.



"Ao cair, cuide para ainda ter forças para se levantar e continuar a lutar; a verdadeira gloria não está na vitória, mas no valor do guerreiro derrubado."
Antigo provérbio de Kirah.


Ephi'Go Lat'uada já não vivia mais. Agora, sentado no trono de Tarek estava Ephi'No A'nael. E esse era o novo nome do rei. Assim, para sempre agora poderia haver a paz. Seu protetor havia voltado e nunca mais partiria.
Já não era mais o pequeno domador de dragões, mas o ultimo homem que um dia veria o sol antes que os Deuses voltassem e mais uma vez a história pudesse recomeçar.

...